Google+ Followers

sábado, fevereiro 25, 2006

Quem nesta hora me pintasse...

(Dufy)


Demoro-me
à frente desta janela,
surpreendida e recolhida,
Quem nesta hora me pintasse...
pintaria a mulher
que busca o embevecimento
que goza
e quer gozar
um fugaz momento
de contemplação.
Noto
( não estou informando
o hipotético pintor...)
que levanto um braço
para traçar,
ou para segurar.


Irene Lisboa

1 comentário:

  1. Não precisamos de informar o pintor. Se ele for poeta... sentirá!

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos