Google+ Followers

segunda-feira, julho 06, 2009

Daqui não é longe...

(Noronha da Costa)
Sempre difícil, encontrarmo-nos, difícil, sempre, separarmo-nos.
E murcha cada flor no vento que declina.
Terminado que é o fio, morre na Primavera o bicho-da-seda.
A vela seca as lágrimas- quando já é só cinza.
De madrugada, o espelho faz-me triste, mudados nele os meus cabelos.
A voz que canta na noite, acorda o frio sentido do luar.
Daqui não é longe...daqui à Ilha dos Imortais,
Pássaro azul, depressa, gostava de lhe dar uma espreitadela.

(Li Shangyin-813-858)

2 comentários:

  1. Que beleza! e logo acompanhado por Noronha da Costa e os seus esfumados únicos

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos