Google+ Followers

sábado, dezembro 29, 2007

Tudo cabe dentro das palavras....

(Ingres)
As lágrimas do poeta

Um poeta barroco disse:
as palavras são
as línguas dos olhos

Mas o que é um poema
senão
um telescópio do desejo
fixado pela língua?

O voo sinuoso das aves
as altas ondas do mar
a calmaria do vento:
Tudo
tudo cabe dentro das palavras
e o poeta que vê
chora lágrimas de tinta

Ana Hatherly in "O Pavão Negro".2003

1 comentário:

  1. Os poetas têm o condão de dizer as coisas de um modo diferente e bonito.

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos