Google+ Followers

terça-feira, junho 16, 2009

Era preciso agradecer às flores...


(Aguarelas de Turner)
Era preciso agradecer às flores
Terem guardado em si,
Límpida e pura,
Aquela promessa antiga
De uma manhã futura.

(Sophia de Mello Breyner Andersen-No Tempo Dividido)

3 comentários:

  1. Uns versos de Sophia... e o nosso dia fica logo mais límpido e luminoso. Obrigada por nos recordar tão belas palavras!

    ResponderEliminar
  2. Que ninguém diga que não se falou de flores e de amanhãs.

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos