Google+ Followers

sexta-feira, julho 25, 2008

"TEMPO NOS PARQUES"-Caldas da Rainha XIII

(Aguarelas de Turner) Flores do Parque

Porquê as flores, sempre as flores? Elas são infinitas na sua diversidade, tal como as nossas emoções. Olho esta hoje e não a outra porquê? Os pragmáticos dirão que foi aquela (e não outra) que se me atravessou no caminho. Os sonhadores afirmarão, talvez, que em todas elas eu reencontro o Belo. E eu? Que penso? Cada uma delas tem uma escrita. Elas escrevem, por mim, "as palavras" que ainda não tracei. Quando as olho, quando me deixo encantar pelos tons, pelas formas, pela simplicidade... quando disparo a minha maquineta e espero que a luz que sobre elas incidiu possa, mesmo, ficar a pairar à superfície...

2 comentários:

  1. Esplêndidos, texto e foto.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. As flores são os sorrisos da natureza. E um sorriso vale tanto.
    Como gosto!
    Bj.

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos