Google+ Followers

quarta-feira, junho 07, 2006

O Sorriso...

(Decarava)

O sorriso

Creio que foi o sorriso,
sorriso foi quem abriu a porta.
Era um sorriso com muita luz
lá dentro, apetecia
entrar nele, tirar a roupa, ficar
nu dentro daquele sorriso.
Correr, navegar, morrer naquele sorriso.

Eugénio de Andrade

3 comentários:

  1. Como é que um sorriso pode ser tão bonito!
    Abençoados poetas.

    ResponderEliminar
  2. Venho sugerir uma visita ao meu blog, luto pela criação de ciclovias no meu concelho (entre outras coisas).
    Gostaria de contar com o vosso apoio, incluindo-me na vossa lista de (links) blogs, já consta da minha lista ou virá a constar em breve.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Feliz daquele que pelo menos uma vez na vida encontra um sorriso assim...

    Eugénio encontrou.

    Parabéns pelo blog

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos