Google+ Followers

sábado, junho 10, 2006

Em que espelho ficou perdida a minha face?

(Modigliani)

Retrato

Eu não tinha este rosto de hoje,
assim calmo, assim triste, assim magro,
nem estes olhos tão vazios,
nem o lábio amargo.

Eu não tinha estas mãos sem força,
tão paradas e frias e mortas;
eu não tinha este coração
que nem se mostra.

Eu não dei por esta mudança,
tão simples, tão certa, tão fácil:
-Em que espelho ficou perdida
a minha face?


Cecília Meireles (Antologia Poética)

3 comentários:

  1. Num momento ou noutro da nossa vida todos sentimos esse vazio e fazemos essa pergunta que terá a resposta que lhe quisermos dar.

    ResponderEliminar
  2. Eu respondo à poeta da seguinte maneira, veja:

    http://www.recantodasletras.com.br/poesias/3034732

    ResponderEliminar
  3. Digo que não a perdeu. Está guardada no espelho interior, onde somente a alma reflete!!!

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos