Google+ Followers

quinta-feira, junho 26, 2008

Mesa dos Sonhos

(Cezanne)


Ao lado do homem vou crescendo


Defendo-me da morte quando dou
Meu corpo ao seu desejo violento
E lhe devoro o corpo lentamente


Mesa dos sonhos no meu corpo vivem
Todas as formas e começam
Todas as vidas

Ao lado do homem vou crescendo

E defendo-me da morte povoando
De novos sonhos a vida.

(Alexandre O'Neill- No Reino da Dinamarca)

1 comentário:

  1. É sempre tão bom passear por aqui... e à sexta-feira tem um gostinho especial! beijos.

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos