Google+ Followers

sábado, setembro 22, 2007

NOTAS DE VIAGEM XXX- Cidade de Praia da Vitória

(Aguarelas de Turner) Igreja matriz,fundação, devida a Jácome Bruges(1456),data
da colonização
(Aguarelas de Turner) Igreja matriz
(Aguarelas de Turner) Igreja matriz

3 comentários:

  1. Também eu já me deixei fascinar pelos volumes, linhas, ângulos e elementos decorativos da Matriz da Praia da Vitória.As suas fotos açorianas, de resto, não se limitam a ver - "reparam" , que é coisa bem diferente. Bem, há a cedência às "incontornáveis" presenças, mas até estas um verso de Natália Correia as salva:
    "As vacas, nas colinas esfumadas/ruminavam o eterno."

    ResponderEliminar
  2. Quase que me convences a ir lá um dia!

    ResponderEliminar
  3. Eu lá fui e me apaixonei. E regresso sempre que posso.
    Fiquei fascinada com o cenário, com o movimento da paisagem verde, da negra terra, do mar a abraçá-las, do cheiro das Ilhas - inconfundível- Amo as Ilhas, a sua históra e sua gente e com seus poetas a cantarem a sua insularidade, o ser ilhéu, o sentir...
    Vozes açorianas como a de Urbano Bettencourt a se propagarem por mundos partilhados.
    Sim, como os versos do poeta de outra Ilha - de Santa Catarina, onde vivo "Ilhas das minhas paixões-vivas guardadas pelo oceano" (Semy Braga)

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos