Google+ Followers

quarta-feira, setembro 19, 2007

Hoje, um dia especial...

(Aguarelas de Turner)

Foi pelos teus olhos que aprendi a olhar as flores,
aquelas que sempre acarinhaste,
guardando-as do frio ou do tórrido sol,
regando-as nos fins de tarde ou nas manhãs nevoentas,
lutando arduamente,
contra ervas daninhas
que cortavam o seu respirar,
ou pragas malsãs
que lhes devoravam raízes.


Os seus primeiros nomes,
ouvi-os por ti pronunciados:
a madressilva de aroma delicado;
o útil loureiro que nos acolhia na sua sombra;
a buganvília , ora colorindo os dias quentes de verão,
ora percorrendo o frio na sua penúria;
os francos e sinceros jarros,
que de Inverno nunca deixavam a jarra vazia;
os agapantos que alilasavam o jardim,
(cujos bolbos, no abrir do Outono,
retiravas e separavas cuidadosamente
para, de novo, voltares a semear);
as delicadas e exigentes rosas,
que te levaram a estudar o seu cuidar;
os goivos e as cravínias, os lírios e as espadanas;
o vulgar cravo da índia;
as amigáveis bocas de lobo
(que sempre me encantaram)
e as infindáveis sementes,

que recolhias,
secavas,
guardavas,
(como se de um tesouro se tratasse)

preparando o momento do novo renascer.


(Para ti, mamã querida, no dia dos teus 81 anos)

Posted by Picasa

4 comentários:

  1. Lindo!
    Parabéns à autora e, naturalmente, à sua querida mamã.

    ResponderEliminar
  2. A tua mãe está, de certeza, orgulhosa de ti.
    Muitos parabéns.

    ResponderEliminar
  3. as palavras que dizemos às mães são sempre lindas mas estas são-no ainda mais por serem parrtilhadas.

    ResponderEliminar
  4. Muitos parabéns Avó por chegares a esta data bonita , comemorando o teu feliz nascimento e longa vida percorrida, e por teres cuidado da tua querida filha que agora te dedica estas belas palavras.
    Gosto imenso de ti!
    Beijinhos

    P.S.- Quem e dera um dia dedicar-lhe algo também

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos