Google+ Followers

sexta-feira, abril 20, 2007

Era a emoção súbita...

(Aivazovsky)
UM MAR

era um mar desmesurado
demasiado mar
e ondas
e poder
e grito por vir

era a emoção súbita
a revelar ao meu corpo
sua natureza fragilíssima
sua pequena natureza humana

era o mar a crescer-me no peito
vozes do mundo
homens e mulheres no amor

era o mundo líquido
suspenso entre a minha respiração
e o vértice da minha vida

(Sílvia Schueire)

1 comentário:

  1. Olá, eu também tenho um "era" que é... gostei de parar por aqui... um abraço... Edith é uma maravilha.

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos