Google+ Followers

quinta-feira, fevereiro 10, 2011

Preservar...........o instante real de aparição e de surpresa

   (Aguarelas de Turner)

Transferir o quadro o muro a brisa
A flor o copo o brilho da madeira
E a fria e virgem liquidez da água
Para o mundo do poema limpo e rigoroso

Preservar de decadência morte e ruína
O instante real de aparição e de surpresa
Guardar num mundo claro
O gesto claro da mão tocando a mesa


Sophia de Mello Breyner- Livro sexto

6 comentários:

  1. A importância do simples e concreto...

    ResponderEliminar
  2. Gostei de reencontrar palavras e imagem. E logo Turner. Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. que vmo que voltou. e com esses versos belos de Sophia. 1 beijo daqui.

    ResponderEliminar
  4. tudo leveza e transparência, a trazer a emoção e a ondulação do mar.É Sophia!

    (Anabela)

    ResponderEliminar
  5. conheci essa poetiza num blog dedicado a ela que, infelizmente acabou. Fico feliz de encontrar seus versos aqui e a foto está maravilhosa!

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos