Google+ Followers

domingo, abril 25, 2010

O Abril com que sonhei...


Os sussurros que amarrávamos entre os dentes;
O sonho do que nunca iria acontecer;
A vontade, indomável, de partir;
A cor cinzenta que nos entranhava;
A música que ouvíamos em segredo;
O receio da palavra que escapara;
A guerra que era a glória dos cobardes;
O sonho que Verdade se tornou;
A possibilidade única de Ser.

(escrito há uns anos depois do desafio de http://www.osentidodaspalavras.blogspot.com/)


2 comentários:

Não são permitidos comentários anónimos