Google+ Followers

quarta-feira, julho 07, 2010

É esse, e não outro, o caminho...

                             (Aguarelas de Turner-Delfos)

Entrarás em Delfos pela porta
secreta- a da serpente. É esse,
e não outro, o caminho
para o templo. Junto
à pedra
da ara colherás
o ouro exausto
do tempo e o sangue
inútil dos sacrifícios. E
saberás que amor
e morte são
a outra face do mito.

(Albano Martins- Castália e Outros poemas, 2001)

3 comentários:

  1. Adoro este poema. O final é soberbo.

    1beijo daqui, onde choveeeee.

    ResponderEliminar
  2. Oh Márcia, e aqui faz um calor de ananazes...

    Beijos para as duas amigas.

    ResponderEliminar

Não são permitidos comentários anónimos