Google+ Followers

quinta-feira, junho 17, 2010

Deixei o anzol em casa...

As Férias                                (Aguarelas de Turner)

Deixei o anzol em casa
e a isca, nem tive tempo de pensar,
mas o dia tem uma brandura de asa
- vou pescar.

Pesca sem azol nem isca.
Ter férias, tem, quem sente
a vida que mordisca
a linha negligente.

Ao pescador que se deixe
a tarefa de pescar.
Ter férias é deixar o peixe
ter suas férias no mar.

Hoje, a suavidade
da areia e do sol.
Amanhã, a cidade

(Sidónio Muralha)
E o anzol.


Para todos os que esperam ardentemente as férias e, para mim, que este ano, quase não as terei...

1 comentário:

Não são permitidos comentários anónimos