Google+ Followers

domingo, abril 27, 2014

O que vamos fazer amanhã...

Chagall
Poema para diotima
 
o que vamos fazer amanhã
neste caso de amor desesperado?
ouvir música romântica
ou trepar pelas paredes acima?

amarfanhar-nos numa cadeira
ou ficar fixamente diante
de um copo de vinho ou de uma ravina?
o que vamos fazer amanhã

que não seja um ajuste de contas?
o que vamos fazer amanhã
do que mais se sonhou ou morreu?
numa esquina talvez te atropelem,

num relvado talvez me fusilem
o teu corpo talvez seja meu,
mas que vamos fazer amanhã
entre as árvores e a solidão?
                                                                                      

Vasco Graça Moura, in “O Concerto Campestre”
P.S.-A minha homenagem a um homem, (cujo posicionamento político sempre detestei) que nos deixa uma enorme lacuna como poeta e tradutor brilhante. A Cultura fica, de facto, mais pobre.  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não são permitidos comentários anónimos